Estude com a melhor plataforma de medicina para estudantes de medicina
5º ano 6º ano Internato

Qual oxímetro devo comprar?

Escrito por Daniele Longo
4.6
(378)

Você, médico, estudante de Medicina ou profissional de saúde, muito provavelmente já ouviu falar nesta palavra: oxímetro. Esse é um aparelho fundamental durante a nossa graduação e prática médica, que vai nos auxiliar a tomar diversas condutas e a definir o melhor tratamento que o nosso paciente deverá receber.

Mas o que é esse aparelho? O oxímetro é um dispositivo eletrônico em formato de clipe, que tem como função principal a detecção da porcentagem de oxigênio no sangue que está sendo oferecida para a extremidade do corpo humano onde ele foi colocado. Além disso, ele consegue mensurar a frequência cardíaca do paciente e o fluxo sanguíneo.

Entenda melhor o fluxo de oxigênio no sangue assistindo a nossa videoaula Introdução a Hipóxia e Hipercapnia.

Esse dispositivo é muito importante para determinar a etiologia de diversas doenças. Mas você já parou para pensar em como escolher um bom oxímetro? Muitas vezes compramos os aparelhos eletrônicos porque vimos a marca em séries de TV ou filmes, mas esquecemos de avaliar o mais importante acerca desses instrumentos.

Por isso que, ao fim deste artigo, você não ficará mais perdido quando algum amigo lhe perguntar: “Qual oxímetro devo comprar?”

Como o oxímetro funciona?

Uma vez que realizamos a inspiração, o ar chega a nossa corrente sanguínea e as hemoglobinas, que são as proteínas carreadoras do oxigênio, vão levá-lo para os demais tecidos, garantindo a oxigenação de todo o corpo.

O aparelho, utilizando uma luz infravermelha presente no seu sensor, vai ser colocado em alguma extremidade do corpo do paciente, sendo a mão, o pé e o lóbulo da orelha os locais mais utilizados para fazer essa aferição. Essa medida gira em torno de 95-98%, porém os níveis são aceitáveis acima de 90%, dependendo do paciente.

Ele é um equipamento que pode se utilizar de dois conceitos para funcionar: espectrofotometria e pletismografia. A espectrofotometria vai realizar as suas medidas através da luz transmitida. Ou seja, a luz infravermelha é captada de formatos diferentes para a oxi-hemoglobina e para a desoxi-hemoglobina.

Embora essa função seja a preferida na hora da escolha do oxímetro, existem ainda aparelhos que se utilizam de outra funcionalidade, que é a pletismografia. Esta, por sua vez, vai traduzir a amplitude com que aquele pulso está sendo transmitido, além do formato da onda que aparece no monitor.

Sendo assim, ela vai registrar as variações de volume em relação à sístole ventricular que o coração está realizando. Eles são bastante utilizados para a verificação de oclusão de pequenas artérias, assim como situações de hipovolemia e insuficiência ventricular.

Ele, então, vai fornecer informações sobre quando o oxímetro está totalmente pronto para ser utilizado, enquanto o índice de pletismografia nos diz o quão forte está esse pulso.

Para isso, há uma interpretação: se esse valor encontrado for menor que 0,2%, quer dizer que o dedo do nosso paciente está muito frio ou mal posicionado, função que nos auxilia e muito durante a correria de um hospital.

Cabe lembrar que os oxímetros com pletismografia são os preferíveis de médicos, enfermeiros, estudantes e outros profissionais de saúde, devido à sua precisão. Por isso, são os que nós do Jaleko indicamos para você.

Quais são os tipos de oxímetro?

Você agora deve estar se perguntando: “Como assim quais os tipos de oxímetro? Eu só conheço 1, que é aquele que coloca no dedo”. E você não está errado. O oxímetro que utilizamos em nosso dia a dia é, mais frequentemente, o que colocamos no dedo, também chamado de oxímetro de dedo.

Porém, há ainda o oxímetro de pulso (ou estacionário), que é uma versão mais completa e elaborada de um oxímetro de dedo comum. Muitas vezes, podemos encontrar os dois tipos sendo tratados como sinônimos, mas é de suma importância que você saiba diferenciá-los para indicar corretamente o seu uso.

O oxímetro de pulso pode ser usado em qualquer indivíduo independente de sua faixa etária, ou seja, ele pode ser utilizado desde recém-nascidos até adultos.

Ele vai possibilitar que o médico ou profissional de saúde realize uma monitorização contínua da oxigenação daquele paciente, além de armazenar os dados obtidos e transmiti-los a um computador, o que é uma função bastante valiosa para acompanhar o desenvolvimento de um paciente em oxigenoterapia ou internados em um leito de CTI, por exemplo.

Não só isso, o oxímetro de pulso também possui alarmes de LED para captar baixas saturações e uma bateria de longa duração.

Há ainda o oxímetro de pulso portátil, que possui um sensor acoplado a uma tela de LCD para mensurar a SpO2 de um paciente. São mais utilizados por médicos em hospitais e clínicas por fornecerem uma ampla variedade de recursos, poucas vezes compreendidos pelo leigo que deseja apenas monitorar a sua oxigenação durante algum exercício, por exemplo.

Eles ainda conseguem fazer a aferição da pressão arterial, frequência cardíaca, temperatura e SpO2 ECG.

oxímetro
oxímetro

Como escolher o melhor?

Sabemos que o mercado eletrônico no Brasil, e no mundo, é muito amplo e capaz de reinventar os produtos a cada dia que passa. Muitos são os produtos de qualidade disponíveis para a venda, porém, há ainda a parcela de produtos que não são tão bons assim e podem te deixar na mão, no momento que você mais precisa.

Para isso, você precisa saber quais qualidades o oxímetro deve possuir para atender perfeitamente as suas demandas.

Primeiramente, você deve observar se o local de colocar o dedo é compatível com o tipo de paciente que você vai utilizar. O oxímetro de um recém-nascido não é o mesmo do oxímetro de um adulto, por isso você deve observar e determinar quem será o paciente que será monitorizado com aquele oxímetro.

Em segundo lugar, antes de realizar a sua compra, você deve avaliar o nível de precisão daquele aparelho. Outro ponto a ser considerado é a velocidade de funcionamento daquele dispositivo, ou seja, o tanto de tempo que eles demoram para fazer a leitura daquela informação.

Via de regra, quanto mais rápido o aparelho conseguir realizar a leitura, melhor ele será.

Os oxímetros também vão diferir na medida que possuem recursos mais aprimorados. Isso por um lado pode ser bom, visto que muitos desses recursos podem ser realmente úteis, porém pode atrapalhar a objetividade do aparelho se eles forem supérfluos.

Recursos como tela de fácil leitura, recursos sonoros e saúde da bateria são benéficos para o usuário e contribuem para a qualidade do aparelho. Outros oxímetros ainda contam com a opção de salvar o histórico de medidas e monitorá-las através de um aplicativo a ser instalado no seu smartphone.

Leve também em consideração a sua portabilidade. A maioria dos oxímetros são pequenos e de fácil manuseio, porém existem alguns itens que facilitam o seu transporte como aqueles com a cordinha de pescoço. Por último, porém não menos importante, o preço do aparelho é algo que influencia muito na escolha do mesmo.

Qual devo comprar?

Tendo em vista que a maioria dos nossos leitores são profissionais de saúde e estudantes de Medicina, indicaremos apenas os oxímetros de dedos portáteis, visto que serão os mais úteis para o nosso dia a dia.

Assim, você poderá comparar as diferentes marcas de acordo com as qualidades e desvantagens de cada um deles, escolhendo o tipo de oxímetro que mais combina com você e que atenda as suas necessidades.

1) Oxímetro Innovo

Essa é considerada por muitos a melhor marca de oxímetro, com uma tela OLED de alta qualidade e definição conhecida como tela cristalina. Essa tela tem 6 diferentes layouts de exibição, trazendo uma versatilidade grande ao material. Além disso, a tela fornece os dados melhores do índice de pletismografia e de perfusão a serem analisados.

Outro ponto a ser mencionado é em relação à bateria do aparelho. Por muitas vezes, somos surpreendidos com o não funcionamento do dispositivo devido à pouca bateria, porém, com o oxímetro da Innovo, isso raramente acontece.

Não só isso, mas o oxímetro da Innovo combina um design agradável, por possuir alertas sonoros e visuais fáceis e leves de serem observados e traduzidos, evitando que o usuário se perca no meio de uma infinidade de ondas e informações.

E é claro, para os alérgicos de plantão, o local para colocar o dedo é hipoalergênico, evitando situações de irritabilidade e desconforto para nós e para os nossos pacientes.

Com relação ao preço, é um pouco mais salgado. Encontramos em sites de importação por um valor médio de 600-700 reais.

Oxímetro Innovo

2) Oxímetro Zaccurate

O oxímetro da Zaccurate também é uma das marcas mais procuradas pelos profissionais de saúde e atletas profissionais.

Além das configurações comuns a todos os dispositivos, ele se destaca, pois a sua tela se adapta à diferentes indivíduos, como jovens e adultos, e isso é garantido por meio de uma facilidade chamada “smart”, que possui um sistema de molas para adaptar os diferentes tamanhos de dedos para uma leitura mais exata em apenas 10 segundos.

Outro recurso que o diferencia é o fato de possuir uma blindagem infravermelha, conseguindo bloquear cerca de 99% das ondas infravermelhas provenientes do ambiente, deixando a mensuração mais confiável.

Uma desvantagem relatada pelos usuários é em relação à bateria do dispositivo – muitos a consideraram curta demais em comparação às outras marcas, e pode ser um fator que vai te atrapalhar durante um plantão longo.

Uma das desvantagens que muitos usuários reclamam é o fato do seu layout não poder ser trocado; a tela é única e o indivíduo deve se adaptar àquele formato.

Com relação ao valor, atualmente estão variando na faixa de 400 a 600 reais e podem ser encontrados em sites de importação.

Zaccurate

3) Oxímetro Santamedical

Essa marca, além de possuir um display inovador, possui também a facilidade de comportar diferentes tamanhos de dedos, o que facilita muito a vida de um médico ou profissional de saúde que precisa utilizar o aparelho em diversos pacientes.

A bateria possui uma meia-vida consideravelmente longa e a tela sofre uma desativação rápida, após 10 segundos sem utilização ou detecção de ondas. Possui sensor que nos avisa sobre o nível da bateria, evitando mensurações erradas e vem com uma cordinha de pescoço, que facilita o seu transporte dentro do ambiente hospitalar.

Todavia, alguns usuários reclamam de ser um pouco mais complicado de utilizá-lo, mas nada que uns dias de prática não resolvam.

Em relação aos preços, esse já é um aparelho à venda no Brasil, porém ainda pode ser encontrado em sites de importação com um preço médio de 600 a 800 reais.

Santamedical

4) Oxímetro Gtech

Esse talvez é a marca mais utilizada pelos nossos leitores. Por se tratar de um aparelho que vende no Brasil e não ser tão caro, ele é considerado um com os melhores custo-benefício atualmente.

Em comparação com as outras marcas brasileiras, ele é o que possui o melhor tempo de resposta na leitura das ondas, enquanto os demais costumam entrar em congelamento quando há variação de batimento cardíaco ou da SpO2, o que não acontece com o oxímetro da marca Gtech, que, por sua vez, consegue mensurar a frequência cardíaca e a saturação mesmo com mudanças abruptas de seus valores.

Ele é encontrado na maioria das lojas que vendem produtos médicos e hospitalares, além de poder ser comprado pela internet, e os valores variam em média de 100 a 200 reais.

Gtech

5) Oxímetro Geratherm

Outra marca que encontramos no Brasil é a Geratherm. Mais em conta do que os modelos citados anteriormente, sendo vendido em lojas de produtos médicos e hospitalares na faixa de 200 reais, assim como na internet.

A Geratherm possui um oxímetro de fácil manuseio e display com uma cor que pode favorecer a leitura pelo profissional, além de possuir alta precisão assim como as demais marcas.

Sua utilização é simples: basta um toque no botão de ligar que o dispositivo já está funcionando, além de contar com 6 diferentes maneiras de organizar o display, o que pode sair em vantagem em comparação a marcas que só dispõem de um tipo de organização da tela.

O seu tamanho também varia de acordo com o dedo do paciente, podendo ser encontrado para dedos de crianças e adultos. Além disso, há a praticidade na hora do transporte que encanta muito os usuários.

Portanto, essa pode ser uma boa escolha para a sua rotina hospitalar ou esportiva.

6) Oxímetro BIC

Deixamos essa marca por último, pois consideramos importante você ter uma “carta na manga”. Os aparelhos médicos são equipamentos caros e muitas vezes você, estudante, não consegue comprar um top de linha nos primeiros anos de faculdade. Se esse for o seu caso, indicamos o oxímetro da BIC.

Ele, além de possuir um excelente custo-benefício, sendo encontrado à venda nas lojas em uma faixa de 100 a 200 reais, é uma ótima opção para um reserva, enquanto você não compra um dos oxímetros do topo da lista.

Veja bem, não estamos falando que é ruim e vai te dar medidas erradas dos sinais vitais do seu paciente, mas sim que existem marcas mais precisas e que te trarão mais conforto e segurança na hora da avaliação clínica de um paciente.

Oxímetro BIC

Conclusão:

O oxímetro é um aparelho que andará de mãos dadas com você. Ele fará parte da sua necessaire de plantão e/ou internato e se tornará um escudeiro fiel, otimizando e MUITO o seu tempo, além de auxiliar nas hipóteses diagnósticas que estão sendo levantadas sobre o seu paciente.

Saber escolher um bom oxímetro e que, além disso, possua um bom custo-benefício, é fundamental para evitar arrependimentos e risco de erros em decorrência da utilização de um aparelho ruim.

Por isso, não se esqueça de pesquisar muito os itens acima antes de comprar o seu aparelho, que, assim, as chances de você fazer um negócio ruim diminuirão drasticamente.

Conheça os cursos do Jaleko e complemente seus estudos!

Qual o seu sentimento em relação a esse artigo?

Clique na estrela correspondente e avalie de acordo com o impacto!

Avaliação Média: 4.6 / 5. Quantidade de Votos: 378

Este artigo ainda não recebeu nenhum voto. Seja o primeiro a avaliar!

Sobre o autor

Daniele Longo

10 comentários

    • Que bom, Marina! Ficamos muito felizes que você gostou, obrigado pelo comentário!

    • Olha, esse dois são top! É difícil até falar qual escolher, como ambos são difíceis em achar no Brasil eu iria comprar o que conseguisse mais rápido. Um grande abraço.

    • Existem centenas de marcas de oxímetros. Tivemos que escolher a que gostamos mais. =D Um grande abraço

  • Você sabe quais desses oxímetros tem registro na ANVISA? E quais são indicados para crianças e adultos?
    Obrigado

    • Todos os oxímetros vendidos no Brasil devem ter registro na ANVISA. Esses do artigo funcionam bem em crianças em idade escolar. Para crianças menores, existem modelos específicos. Um abraço!

  • Boa tarde, adorei o artigo, extremamente útil e completo!
    A propósito quem estiver interessado, vendo diferentes tipos de oxímetro a preços bem bacanas
    caso alguém tenha interesse, frete grátis.
    Contato: (21) 980467614 Alex

    Nesses tempos precisamos ajudar quem pudermos, não vão encontrar preço melhor!
    Concordamos que sim, segurança é algo que deve ser priorizado, agradeço e boa tarde!
    Cuidem-se!
    Contato: (21) 980467614 Alex

    • Obrigado pelo elogio, Alex! Desejamos todo o sucesso do mundo para você nas vendas!

Deixar comentário.

Share This